Afinal para que server o cloro na piscina - cobop ourinhos

Se você tem piscina (ou pretende ter) em sua casa, é muito importante que você leia todo esse artigo, e aprenda o quão simples, mas importante é o uso do cloro na piscina e para manter a saúde de sua família nos momentos de diversão e descontração.

 

Afinal de contas para que serve o “danado” do cloro na piscina?

 

Basicamente as doenças são transmitidas pelo tratamento inadequado à piscina. O tratamento feito de forma errada possibilita a propagação de fungos e bactérias. Então, o cloro é útil para eliminar estes microrganismos patogênicos (que causam doenças).

Neste artigo, nós da COBOP ourinhos, vamos falar sobre as 5 doenças mais comuns transmitidas pela água da piscina. #BoraLÊ

 

1. Diarreia

Uma das principais fontes de contágio nas piscinas é ocasionado pelos vírus e as bactérias responsáveis pela diarreia.
Qualquer pessoa que se encontre com diarreia ou até mesmo tenha tido por volta de 2 semanas antes usar a piscina, provavelmente irá contaminar a água com germes e passar o problema para outras pessoas.

 

2. Foliculite ou Dermatite

A dermatite nada mais é do que uma inflamação na raiz dos pelos, provocada por uma bactéria encontrada em águas de piscinas que não estejam tratadas da forma correta.

A dermatite, quando em estágio mais superficial, poder ser tratada em casa com sabonetes antissépticos. Agora, se estiver mais intensa é aconselhado procurar um médico para que ele prescreva os devidos medicamentos.

 

3. Tricomoníase

Esta doença afeta tantos os homens como as mulheres, porém muita mais comum no sexo feminino. A tricomoníase causa uma espécie de infecção nos órgãos sexuais e nas vias urinárias.

 

4. Micose

Esta é de longe a doença mais comum em piscinas maltratadas! A micose é uma infecção provocada por fungos que atingem os cabelos, as unhas e a pele.

Para evitar ser contaminado por micoses, primeiramente faça um tratamento adequado em sua piscina, e segundo, seque bem seu corpo ao sair da piscina, dando mais atenção aos pés, axilas e virilhas.

 

5. Verrugas

Sim, você leu certo! Verrugas! Muito conhecidas também como “verruga plantar” ou “olho de peixe”, é uma doença causada pelo papiloma vírus humano (HPV).

O vírus HPV pode ser adquirido de diversas formas, como tocar ou andar em locais contaminados (corrimãos, maçanetas, piscinas, etc).

Na maioria dos casos, estas verrugas acabam sumindo sozinhas com o tempo, talvez pode demorar um pouco. Caso isso não ocorra será necessário ir ao médico dermatologista.

 

A importância da dosagem correta na água

De acordo com o que foi lido acima, você ainda tem dúvidas da importância do cloro para o tratamento da água da piscina? Acredito que não!

No entanto, não basta que você limpe a piscina constantemente e aplique cloro na água, se a dosagem dele não estiver correta. Ainda assim, pode trazer alguns problemas à saúde dos banhistas.

E se colocar pouco cloro na água da piscina?

Simplesmente não será o suficiente para matar os fungos e bactérias que estão na água.

Dessa forma, ainda há um risco de contaminação para as pessoas que utilizarem esta piscina.

 

E se colocar muito cloro na água da piscina?

É bom que seja dito que o excesso de cloro também pode trazer alguns problemas de saúde aos usuários da piscina, ocasionando irritações na pele e alergias.

Assim sendo, a dosagem de cloro dever ser calculada proporcionalmente com o volume de água de sua piscina.

 

O cloro é importante para a saúde?

A resposta é SIM!

Neste artigo foi explicado sobre a importância do cloro em sua piscina. No entanto o cloro é utilizado em muitos outros lugares e situações de nossas vidas, até em sua alimentação!

 

Para tratar a água que sai de sua torneira

É bem provável que você já saiba (mas caso não saiba), o cloro é utilizado para deixar a água que sai de sua torneira potável e própria para o consumo humano!

Enormes quantidades, porém, controladas por profissionais, são aplicadas em centros de abastecimento de água, com o intuito de deixa-la o mais seguro possível para as pessoas.

 

Para higienizar frutas e verduras

Há diversos produtos no mercado baseados de cloro que são utilizados também para a higienização de verduras, legumes e frutas. Assim, elimina resíduos de agrotóxicos e microrganismos contidos nos alimentos, que, claramente, podem fazer mal a nossa saúde.

 

Não compre qualquer cloro!

Compre cloro apenas se o produto estiver devidamente registrado na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Só assim você terá certeza que esse cloro pode ser aplicado com segurança.

 

Gostou do artigo? Compartilhe!
Surgiu alguma dúvida? Coloque-a nos comentários abaixo. Teremos muito prazer em te ajudar. Caso precise também, possuímos tudo para tratamento de piscinas em Ourinhos e Assis.

Gostou Deste Post? Compartilhe Com Seus Amigos!
0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *